Fim da vistoria do DETRAN RJ não irá reduzir gastos com taxas

IPVA 2019 RJ – Para os contribuintes do Rio de Janeiro, com o começo do ano, uma das maiores preocupações de todas surge: o IPVA 2019, o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores. E é por conta disto que muitos deles já começam a procurar por informações sobre o IPVA 2019 RJ, para, entre outras coisas, começar a se programar para fazer o pagamento, por exemplo.

IPVA RJ

Portanto, para ajudar a estes contribuintes, vamos dar, nas próximas linhas, algumas dicas importantes sobre o IPVA 2019 RJ, com dicas sobre como consultar, sobre como pagar e muito mais, então preste muita atenção!

Como fazer a consulta

Para o contribuinte do Rio de Janeiro, a primeira coisa a ser feita será consultar IPVA 2019 RJ, o que poderá ser feito de modo bem prático, pela internet e sem muita burocracia.

A modernidade permite que a consulta IPVA 2019 RJ seja feita por meio de um acesso no site do Detran Rio de Janeiro, que é o www.detran.rj.gov.br, sendo essencial que o contribuinte tenha em mãos o número do Renavam e também o seu CPF.

Depois disto, é possível acessar muitas informações importantes sobre o IPVA 2019 RJ, como o valor, entre tantas outras coisas, mostrando que se trata de algo altamente moderno e prático.

Veja como são cobrados alguns impostos no seu estado

IPVA – O imposto é cobrado pela Secretaria de Estado da Fazenda de cada estado do Brasil, 50% do valor recolhido é destinado para o município onde o veículo foi licenciado e a outra parte vai para o Estado.

Esse imposto recolhido é aplicado em asfaltos, faixas de pedestres, semáforo, rodovias para ciclistas, radares e infraestrutura para as rodovias dos Estados onde é bastante utilizado por caminhoneiros no transporte de carga.

Se você está com dúvidas em relação a como funciona a cobrança desse imposto, basta a acompanhar os tópicos abaixo onde contém algumas instruções para o proprietário. Confira Já!

Confira também sobre o IPVA 2019 MG.

Alíquotas IPVA PR

A Secretaria de Estado de Fazenda do Paraná, fica responsável em definir o valor do IPVA Paraná, sendo diferente para cada tipo de automóvel, contando o tempo de utilização e modelo do veículo. Quem define a alíquota será utilizada como referência na cobrança do imposto é o Estado.

Não foram alteradas as alíquotas do IPVA 2019, são cobrados 4% do valor venal aqueles proprietários de veículos movidos a gasolina ou álcool e veículos que utilizam exclusivamente álcool, eletricidade ou gás, mesmo que seja todos combinados no mesmo, terão à alíquota de 3%. Já os donos de picapes cabine dupla serão cobrados 4%, os de cabine simples, ônibus, micro-ônibus, motocicletas, motonetas, quadriciclos recolhem 2% sobre o valor venal e os caminhões pagam 1,5%.

Confira os estados onde há vencimento de Impostos Veiculares em novembro

O licenciamento na maioria das vezes é feito presencialmente, basta levar o seu veículo na sede do Detran de sua cidade ou em qualquer centro de atendimento do Detran, solicitar o serviço e ser encaminhado para o setor. A taxa poderá ser paga em caixas eletrônicos, agencias de bancos credenciados e na internet. Não esqueça de licenciar o seu IPVA 2019 MG.

O pagamento do licenciamento pode variar entre R$ 50,00 a R$150,00 reais, isso depende muito de cada estado. Após o pagamento você irá esperar o documento em sua residência, durante esse período o condutor do veículo pode utilizar o comprovante de pagamento para comprovar a sua documentação.

Impostos a serem pagos anualmente

Além do licenciamento algo que tem que pagar juntamente com o IPVA é o seguro DPVAT MG, no qual é um valor pago obrigatoriamente por todos os motoristas do Brasil, pagamento este que garante a indenização caso ocorra um acidente envolvendo vítimas causado por um veículo automotor, ou seja, toda pessoa que possa se envolver em um acidente que resulte em morte ou invalidez de transito seja ele motorista, passageiro ou até mesmo pedestre.

O valor do DPVAT pode varia de acordo com da categoria do seu veículo:

  • Categoria 1 – Automóveis particulares;
  • Categoria 2 – Táxis e carros de aluguel;
  • Categoria 3 – Ônibus, micro-ônibus e lotação com cobrança de frete;
  • Categoria 4 – Micro-ônibus com cobrança de frete, mas com lotação não superior a 10 passageiros;
  • Categoria 9 – Motocicletas;
  • Categoria 10 – Máquinas de terraplanagem e equipamentos móveis em geral.

O valor de cada varia em torno de R$96,00 até R$390,00 reais, já o valor pago pela indenização do DPVAT varia de acordo com a gravidade do acidente. Se o caso for de morte os herdeiros da vítima são indenizados com um valor de R$ 13,500 por vítima.

Já se o caso for de invalidez permanente a indenização pode chegar a R$ 13,500 dependendo muito da sequela da vítima, e em relação as despesas medicas a cobertura de reembolso pode chegar com um valor até R$ 2,700 por vítima. Não deixe de regularizar o seu IPVA 2019 RS.